Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘reciclagem’

KeyBag by João Sabino

O que fazer com os velhos teclados do PC? Simples: recicle e transforme em uma handbag (“bolsa de mão”, formato muito conhecido pelas mulheres). Como não pensamos nisso antes? Genial!!! Ideia do designer português João Sabino. Ele é conhecido por suas criações ecologicamente corretas.

Em 2003 surgiu o conceito, mas o formato original da bolsa foi lançado em 2005. São exatamente 393 teclas recicladas que compõem o exterior do produto e o interior é forrado com um tecido resistente e durável. As keybags são oferecidas nas cores vermelha, rosa, branca e preta. A melhor parte vem agora: é possível personalizar a sua bolsa (por encomenda), gravando nas teclas nomes, mensagens, códigos, números de telefone, homenagens, enfim, tudo aquilo que a sua imaginação permitir. Moda geek ou não, a verdade é que essa handbag é muito fofa.

A Keybag é famosa, já esteve em várias exposições mundiais, como a Trienal de Milão e a Fashion Type, produzida pelo Klingspor Museum de Offenbach, na Alemanha. Ela também participa do Museo del Riciclo, como havíamos postado recentemente aqui no blog (veja post).

A empresa envia as bolsas para o mundo todo. O preço no site, selecionando Brasil, é de 130 euros, mais o valor do frete.

Para saber mais, acesse o site oficial: http://www.joaosabino.pt/

Keybag by João Sabino

Além de tudo ela é uma handbag. Keybag by João Sabino.

Anúncios

Read Full Post »

Museo del Riciclo online

O primeiro Museo del Riciclo online surge com a proposta de reunir artistas que produzem obras utilizando materiais descartados. O portal é uma iniciativa da Ecolight, uma das maiores empresas italianas do setor de coleta e gestão de lixo eletrônico. O projeto foi criado para transformar resíduo, sucata, lixo, em novos objetos de decoração, design, joias ou jogos para crianças. “Acreditamos em um mundo mais limpo”. afirmou Walter Camarda, presidente da Ecolight,  no site do museu.

Muitos artistas participam do museu. Lucetrice by Camilo Fiore foi a obra escolhida para o lançamento do museu. É uma  luminária feita a partir da reciclagem de cartões eletrônicos utilizadas em lavadoras de roupa. Também estão presentes no museu obras dos designers João Sabino,  Alessandro Acerra e da escultora Erika Calesini. Todos com essa pegada ecológica. Faremos posts especiais sobre eles.

O mundo precisa sempre de novas ideias. Aproveitar materiais já existentes e tranformá-los em lindos objetos de arte. O meio ambiente agradece e nós também.

Essa é uma iniciativa que vale a pena conferir.

Museo del Riciclo – http://www.museodelriciclo.it/

Lucetrice by Camilo Fiore, Museo del Riciclo online.

Paletta by Antonio Cos, Museo del Riciclo Online.

Flerellino by Silvia Bragagnolo

Read Full Post »

Modelo de Composteira. Foto: Janaina Azevedo, RO.

O que fazer com os resíduos domésticos, como restos de comida, papel de cozinha, saquinhos de chá,  as folhas do jardim,  plantas secas do quintal, jornal, etc? Uma boa alternativa é apostar na compostagem. Feita em casa, pode reduzir até 50% de todo o lixo doméstico, diminuindo a quantidade de lixo recolhido e enviado aos grandes aterros sanitários. A compostagem é um processo de reciclagem de matéria biodegradável (de cozinha, jardim, horta, etc) realizado através de microorganismos que transformam os resíduos num adubo rico em nutrientes, chamado composto.

A técnica é simples, e pode ser executada em casa. Aqui você pode encontrar o passo a passo.

Fonte: Valorlis

O que pode ser compostado?

Restos de legumes, verduras, frutas e alimentos, filtros e borra de café, cascas de ovos e saquinhos de chá, galhos de poda, palha, flores de galho e cascas de árvores, papel de cozinha, caixas para ovos e jornal, penas e cabelos, palhas secas e grama (somente em pequenas quantidades).

Como fazer uma composteira

5 DICAS fundamentais para a compostagem:

1 – ESCOLHA DO LOCAL – sombra no verão e sol no inverno
2 – PREPARAR O FUNDO – boa drenagem
3 – MISTURA DE MATERIAIS – Verdes e castanhos
4 – AREJAMENTO – revirar quando compactado
5 – HUMIDADE – Regar quando necessário

Conheça as principais dificuldades encontradas durante o processo e as formas de resolvê-las.

Cheiro ruim:
Se a mistura não estiver cheirando bem, revolva-a bastante, pois provavelmente falta oxigênio para o processo de decomposição. É bom também levar em conta esse fator ao escolher o local de preparação do caixote, que deve ser posicionado em local um pouco distante da casa.

Cor esbranquiçada:

Se o composto começar a apresentar tonalidade branca ou acinzentada, pode haver fungos se desenvolvendo ou mesmo falta de água. Resolva o problema revolvendo bem a mistura e umedecendo-a.

Excesso de água:

A taxa de umidade ideal para o processo de compostagem gira em torno de 50% a 60%, portanto não encharque o caixote. Freie o umedecimento e evite adicionar materiais excessivamente úmidos. Também é importante não deixar o caixote exposto à chuva.

Fonte: Ministério de Minas e Energia

Read Full Post »

Outdoor reciclado Best Buy

Não importa onde você comprou, nós vamos reciclá-lo. Esta é a chamada do outdoor reciclado, escrito com letras formadas por equipamentos eletrônicos, localizado em plena Times Square, NYC. A Best Buy, empresa americana que comercializa eletrônicos e informática, decidiu promover seu programa de reciclagem de forma inusitada. Lançou o conceito e-cycle com os aparelhos fornecidos pelos próprios clientes. Já pensou passar por ali e encontrar seu PC, CPU, caixa de som, DVD, teclado, celular ou monitor velho, reutilizado de uma maneira criativa e ecológica?

Outdoor reciclado Best Buy

Vídeo da campanha

Read Full Post »

Resultado dos descartáveis e pacotes de produtos. Foto: Carolina A Castro, RO.

Por Carolina A Castro

Ontem assisti aqui na Flórida (EUA) o documentário No Impact Man. O filme traz a história do escritor americano Colin Beavan que decidiu passar um ano gerando o menor impacto possível ao meio ambiente. Ele, a esposa e a filha, morando no centro de Manhattan, Nova York, adotaram uma série de medidas para diminuírem suas pegadas de carbono. Nada de geladeira, TV ou ar condicionado.  Não comeram carne vermelha, só produtos produzidos localmente. Reciclaram seu lixo orgânico, evitaram usar qualquer tipo de transporte gerador de emissões poluentes, plantaram árvores, não usaram sabonete, nem pasta de dente, enfim, radicalizaram. A experiência foi narrada no blog, virou livro e o documentário.

Tudo parece impossível de ser administrado, ainda mais numa cidade grande, como NYC. Eles chegaram ao extremo quando pararam de usar papel higiênico. O projeto recebeu muitas críticas de ambientalistas por causa desse apelo radical do movimento, mas Colin acredita que é importante passar a mensagem de redução do consumo e mostrar às pessoas que o modo como elas vivem  traz consequências para o indivíduo e para a comunidade.

Um documentário interessante que avalia a necessidade de vivermos uma vida mais sustentável, do que estamos vivendo no momento.

Serviço:

Entrevista com Colin Beavan no GNT

http://gnt.globo.com/Materias/Lucia-Guimaraes-entrevista-o-autor-do-documentario-No-Impact-man.html

Trailer do documentário No Impact Man

Read Full Post »

Ekokook - A cozinha do futuro

Já pensou ter uma dessas na sua casa? Além de linda, é inteligente e ecológica.  Ekokook, como é chamada, tem um sistema que recicla os resíduos sólidos, líquidos e orgânicos. Projetada pela empresa francesa de design Faltazi, a cozinha ainda não está a venda, mas será lançada este ano. A ideia da equipe criadora busca integrar projetos ambientais nas residências. O conceito é baseado em quatro pilares: gestão de resíduos, culinária saudável, redução do consumo e armazenamento de energia inteligente. Desperdício na cozinha? Nunca mais.

Afinal, como funciona?

A cozinha tem três compartimentos de reciclagem integrados: um para a reciclagem de resíduos orgânicos, outro para reaproveitamento de água e outro para tratamento de materiais sólidos (como mostra a foto ao lado).

Compartimento para colocar o lixo sólido.

O compartimento para reciclar lixo sólido – como vidro, papel, plástico e metal – possui uma bola de metal que quebra, tritura e reduz o volume do material facilitando o deslocamento. Além disso, o lixo reduzido poderá seguir diretamente para a reciclagem.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Compartimento para reciclar lixo orgânico

Tratamento e reciclagem de resíduos orgânicos:

É um canteiro de minhocas com um dispositivo na forma de cilindro que gira formando resíduos que são transformados, de maneira gradual, em adubo. Pode ser usado posteriormente na compostagem de plantas em casa. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Compartimento para a reutilizacão da água.

São duas pias. A primeira serve para reter a água com muita gordura, por exemplo. Este resíduo segue direto para o esgoto. A outra pia funciona como um sistema de filtragem, e pode ser usada para regar plantas ou limpar a casa.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

E aí, preparado para a cozinha do futuro?

Ekokook a cozinha do futuro

Quer saber mais?

Assista ao vídeo demonstrativo do projeto. É em francês…

Read Full Post »

Loja Eco C&A em Porto Alegre. Foto: Carolina Castro, RO.

Voltando do FSM 2010 resolvemos conhecer e conferir a loja verde da C&A, inaugurada na cidade de Porto Alegre, em dezembro de 2009. Trata-se da primeira loja ecologicamente sustentável da empresa no Brasil. Segundo Leonardo Campos, assessor de comunicação da C&A, o espaço em Porto Alegre foi totalmente remodelado e adotou conceitos de sustentabilidade com o objetivo de racionalizar o consumo de água, de energia e, consequentemente, de emissão de C0².

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »