Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ministerio da agricultura’

Você é o que você come? Tá se sentindo acima do peso ou com uma barriguinha saliente, querendo começar uma nova dieta? Esse é o momento perfeito para refletir e agir. Hoje é  o Dia Mundial da Alimentação, celebrado durante toda semana no Brasil. A programação é intensa e nós fomos à procura dos orgânicos, para informar nossos leitores com exclusividade.

 

 

Ministério da Agricultura promove degustação de orgânicos no RS

O produto orgânico foi o protagonista do evento realizado na tarde de quarta-feira (14/10/09), na Assembléia Legislativa do RS. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) promoveu  a divulgação e degustação dos alimentos orgânicos para a população gaúcha. O salão estava lotado de pessoas querendo informações, experimentando os produtos, interagindo com os produtores agrícolas.

A coordenadora estadual da  produção orgânica do Ministério da Agricultura no RS, Ângela Escosteguy, informou que a degustação faz parte das comemorações da Semana Mundial da Alimentação e tem como objetivo ressaltar a importância nutricional, social e ambiental da agricultura ecológica.

O presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputado Ivar Pavan (PT), esteve presente no evento, recebeu uma cesta de alimentos orgânicos e nos concedeu uma entrevista (ouça o áudio na íntegra). Ele afirmou que consome orgânicos em casa. Também falou sobre a importância da agricultura familiar, da produção de orgânicos, dos motivos do preço mais elevado dos orgânicos, da falta de divulgação, etc.

Confira a entrevista exclusiva com o presidente

 

A certificação dos produtos orgânicos

O consumidor normalmente tem muitas dúvidas em relação à qualidade e à higienização do processo de produção e de certificação dos produtos orgânicos.

Os produtores de orgânicos presentes no evento da Assembléia Legislativa são cadastrados no Ministério da Agricultura. Segundo Ângela Escosteguy, a certificação da produção orgânica é feita por empresas cadastradas no MAPA e por associações de certificação participativa, organizados pelos produtores.

 

"Agrotóxico é um produto químico que pode  causar algum problema no futuro", Cláudia Wolff.

"Agrotóxico é um produto químico que pode causar algum problema no futuro", Cláudia Wolff.

A bióloga Cláudia Wolff, faz parte da Associação Agroecológica. Ela tem uma propriedade de 5 hectares em Viamão-RS, com criação de galinha caipira, apicultura e hortigranjeiro. Segundo Cláudia, a associação esta filiada a rede ECOVIDA – um sistema participativo de garantia de conformidade – funciona como uma certificação. “Esse sistema, na verdade é melhor, porque todo mundo está mais próximo dos produtores e muito mais presente. São feitas reuniões nas propriedades, todo mundo fiscaliza. Não esperamos vir alguém de fora, uma vez ao ano, e depois que a pessoa vai embora, o produtor pode distribuir veneno. O tempo todo tem alguém para vigiar e controlar e os consumidores também fazem parte disso”, explicou a agricultora.

Quem produz, entende

Os produtores que conversamos foram enfáticos ao falar sobre as vantagens da agricultura orgânica. Os benefícios atingem todos, tanto o agricultor, quanto o consumidor e o meio ambiente.

 

“O que falta é disseminar a agricultura orgânica no país e no RS. Organizar pontos de venda destes produtos. Temos que ter onde comercializar. Quanto mais nós produzirmos, mais barato ficará para o consumidor”.

“O que falta é disseminar a agricultura orgânica no país e no RS. Organizar pontos de venda destes produtos. Temos que ter onde comercializar. Quanto mais nós produzirmos, mais barato ficará para o consumidor”, Edson Cadore.

O produtor agrícola Edson Cadore, membro da Cooperativa dos Assentamentos da Reforma Agrária que produz hortaliças, café, arroz, entre outros, nas cidades de Tapes, Charqueadas, Eldorado do Sul, Nova Santa Rita e Viamão, busca constantemente conscientizar a população e provar que a agricultura orgânica também é viável economicamente. “A nossa produção é baseada na eliminação de todos os ativos sintéticos, químicos e agrotóxicos. Não trabalhamos com sementes transgênicas. Devido a questões ambientais, sociais e culturais a cooperativa mudou o processo de trabalho. Antigamente havia muita contaminação dos agricultores com agrotóxicos. Estes fatos levaram a conscientização dos produtores que se motivaram a alterar o modelo de produção e partir para a produção orgânica. A idéia era levar produtos para consumo externo com qualidade e sem veneno”.

Com a palavra, o consumidor

 

"O preço é maior, mas quem quiser consumir paga pela qualidade”, Enni Figueiredo.

"O preço é maior, mas quem quiser consumir paga pela qualidade”, Enni Figueiredo.

Os consumidores resistentes ou àqueles que experimentam ocasionalmente orgânicos também estavam presentes. A curiosidade em torno do assunto é grande e o evento foi uma oportunidade para tirar as dúvidas recorrentes.

A jornalista e apresentadora Enni Figueiredo disse que frequenta aos sábados a feira ecológica no parque da redenção em Porto Alegre e come de vez em quando orgânicos. “Faz bem para saúde, mas sempre procuro saber a procedência. Já aconteceu de comprar o alimento e no mesmo dia estragar e também fico preocupada em relação à higiene. O preço é maior, mas quem quiser consumir paga pela qualidade”.

O produtor agrícola Edson Cadore também comentou sobre os valores elevados dos produtos orgânicos. Ele informou que os produtos da Cooperativa custam 40% a mais que os produtos convencionais. “O que falta é disseminar a agricultura no país e no RS para organizar pontos de venda destes produtos. Temos que ter onde comercializar. Quanto mais nós produzirmos mais barato ficará para o consumidor”, ressaltou.

 

Bastidores do Rota Orgânica – Nossa cobaia entrou em ação

Nossa querida cobaia Jessica (também produtora do site e totalmente perdida no mundo orgânico) experimentou, pela primeira vez na vida, produtos orgânicos. Não poderíamos deixar de compartilhar esse momento histórico com os leitores. Ela provou, durante o evento, suquinho de tangerina e laranja, comeu banana seca orgânica e biscoitinhos integrais (aaa taaa). Tudo isso a favor do blog, com o objetivo de demonstrar que todos podem e devem experimentar. Parabéns Jessica, você agora é uma delicinha orgânica.

Antes e depois da Jessica:

jessica antes e depois montagem

E para finalizar este post com chave de ouro, criamos uma promoção para presentear nossos leitores.

O vencedor levará uma super bolsa ecológica, abastecida de alimentos orgânicos.

Envie suas receitas para o nosso e-mail: rotaorganica@hotmail.com

Boa Sorte!!!!!

 

Confira os detalhes no slide abaixo:

 

 

 

Anúncios

Read Full Post »