Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘lixo’

O que fazer com as milhares de toneladas de lixo que produzimos? Essa é uma das questões mais debatidas hoje em dia. Aqui no blog também buscamos apresentar ideias criativas, projetos ou produtos inteligentes e eficientes que tragam benefícios para você e o para o meio ambiente, independente da marca ou da empresa. Entre tantas iniciativas, esta casa construída com plástico reciclado, chama atenção.

Casa Reciclada. Foto: BBC Brasil.

Uma empresa do País de Gales, na Grã-Bretanha, construiu uma casa com 18 toneladas de plástico reciclado.

A companhia Affresol desenvolveu uma tecnologia que transforma plástico e minerais em um material batizado de Thermo Poly Rock, que poderia revolucionar a indústria de construção.

O projeto, apoiado pelo governo galês e por organizações ambientais, já lançou uma linha de casas verdes e construções modulares portáteis de quatro toneladas.

O secretário da Economia do país de Gales, Ieuan Wyn Jones, disse que “o novo processo sustentável” tem muito potencial e pode gerar uma grande quantidade de empregos.

Patente

A empresa diz que o processo tem baixo consumo de energia e transforma plástico em um material durável e resistente.

As placas de Thermo Poly Rock formam as paredes de sustentação da casa, que pode ser coberta externamente com tijolos ou pedra, enquanto o interior pode ganhar uma camada de isolamento térmico e ficar com a mesma aparência de uma casa tradicional. As telhas também são feitas de material reciclado.

O diretor-gerente da Affresol, Ian McPherson, diz que o novo material é mais leve e resistente que concreto, é térmico, impermeável, não-inflamável e não apodrece.

A empresa estima que a vida útil das casas seja de cerca de 60 anos, mas diz que os elementos do Thermo Poly Rock podem ser novamente reciclados ao fim deste período.

“Todos os países do mundo têm problemas com lixo e agora temos a oportunidade de transformar este lixo em um recurso de construção de moradias 100% reciclável”, diz McPherson.

Agora a empresa aguarda aprovação para construir 19 casas em Merthyr, no País de Gales, como parte de um projeto-piloto.

Fonte: BBC Brasil – Texto integral.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Read Full Post »

Resultado dos descartáveis e pacotes de produtos. Foto: Carolina A Castro, RO.

Por Carolina A Castro

Ontem assisti aqui na Flórida (EUA) o documentário No Impact Man. O filme traz a história do escritor americano Colin Beavan que decidiu passar um ano gerando o menor impacto possível ao meio ambiente. Ele, a esposa e a filha, morando no centro de Manhattan, Nova York, adotaram uma série de medidas para diminuírem suas pegadas de carbono. Nada de geladeira, TV ou ar condicionado.  Não comeram carne vermelha, só produtos produzidos localmente. Reciclaram seu lixo orgânico, evitaram usar qualquer tipo de transporte gerador de emissões poluentes, plantaram árvores, não usaram sabonete, nem pasta de dente, enfim, radicalizaram. A experiência foi narrada no blog, virou livro e o documentário.

Tudo parece impossível de ser administrado, ainda mais numa cidade grande, como NYC. Eles chegaram ao extremo quando pararam de usar papel higiênico. O projeto recebeu muitas críticas de ambientalistas por causa desse apelo radical do movimento, mas Colin acredita que é importante passar a mensagem de redução do consumo e mostrar às pessoas que o modo como elas vivem  traz consequências para o indivíduo e para a comunidade.

Um documentário interessante que avalia a necessidade de vivermos uma vida mais sustentável, do que estamos vivendo no momento.

Serviço:

Entrevista com Colin Beavan no GNT

http://gnt.globo.com/Materias/Lucia-Guimaraes-entrevista-o-autor-do-documentario-No-Impact-man.html

Trailer do documentário No Impact Man

Read Full Post »